Regras e regulamentos da WAKSC

Todas os campeonatos WAKSC / KETACADEMY são seguidas pelas regras de competição WAKSC e pela tabela de classificação KETAcademy. Todos atletas que participarem de competição WAKSC devem ler as  regras porque não realizamos a reunião detalhada no dia de competição. Use um pouco do seu tempo para ler e entender todas as regras.

Desclassificação

Se você comparecer com roupa inadequada ou inapropriada, equipamento ou comportamento inadequado, etc. em uma plataforma antes do seu set, podemos deixar você competir e, em seguida, informá-lo sobre a desclassificação APÓS SUA SÉRIE porque temos apenas 3 minutos de intervalo entre as séries e NÃO vamos parar o relógio para isso. Espero que todos entendam. Obrigado!

Uniforme e assessórios

Especificações da roupa e assessórios utilizados pelo atleta são descritos abaixo:
Uniforme: todos os membros de uma equipe devem ter uniformes correspondentes.

Parte superior: deve permitir visibilidade clara de ambos os cotovelos.

Parte inferior: deve ser adequada e permitir visibilidade clara dos joelhos.

Sapatos: são necessários sapatos esportivos fechados.

Vestuário de cabeça: não são permitidos os chapéus e bonés. Faixas para reter o suor e bandanas são permitidas.

Especificações do cinto: não superior a 6 cm na frente e 12 cm nas costas. O cinto deve diminuir na frente.

Cinto: material adicionado sobre ou abaixo do cinto não é permitido. É permitida a fita adesiva nas fivelas do cinto.

Especificações das munhequeiras: não superior a 1.25 cm. Não há largura especificada. Wraps pode ser um loop contínuo (ou seja, pulseira) ou uma bandagem de pano.

Munhequeiras: podem ser usado um puxador de pulso por braço. Não são permitidas inserções de qualquer tipo. E se as munhequeiras que são projetados para manter a proteção com qualquer tipo de inserção de plástico, ele deve ser removido.

Joelheiras: podem ser usados a critério do levantador.

Preparação Kettlebell: Magnésio e água são permitidos a critério do levantador.

Normas de Julgamento

Todos os competidores, independentemente da experiência e carga de peso, serão mantidos nas regras.

Para receber pontos completos para suas séries, conheça as Regras de Performance Técnica e Faltas Técnicas (abaixo).

Os participantes devem demonstrar para o árbitro a incapacidade física para endireitar completamente o(s) braço(s) antes do início da competição começar. Isso se aplica a todos os eventos em que o atleta participar na competição.

Regras de Desempenho Técnico

As diretrizes dos levantamentos representam justiça entre todos os participantes. O árbitro da plataforma indicará uma repetição completa por contagem audível e/ou avançando a pontuação do participante em um no contador eletrônico.

Salvo indicação em contrário, todas as violações dessas regras resultarão em “no count”. O árbitro da plataforma dará uma razão para cada “no count”. O competidor pode continuar tentando repetições corretas durante o tempo definido.

Regra de Segurança

Se um levantador demonstrar fadiga ao ponto em que a segurança de qualquer pessoa está em questão e/ou a técnica se deteriorou na medida de cinco repetições consecutivas falhadas, o juiz da plataforma ou o juiz principal podem parar o conjunto do levantador.

JERK

Após o comando “começar”, o levantador faz um swing e um clean para ficar na posição inicial (os braços dobrados, de modo que os cotovelos estão abaixo das mãos, os braços estão contra ou perto das costelas). A posição de início também é chamada de “RACK”. O competidor move o kettlebell a partir da posição de “rack”, passando por uma posição de meio agachamento (2nd dip) chegando a posição final. A pontuação é registrada após a extensão dos joelhos e fixação dos kettlebells acima da cabeça. A fixação é uma pausa em que os pesos pararam de se mover, demonstrando que o levantador está no controle total da carga de kettlebell.

Elementos necessários do Jerk
  • Fixação das pernas na posição inicial: Os quadris devem estar estendidos e os joelhos brevemente retos repara estabelecer a fixação das pernas.
  • A fixação dos braços: A fixação dos braços deve ser no 2nd dip. Os braços devem estar estendidos antes que da fixação das pernas.
  • Fixação dos kettlebells na posição final. É necessária uma pausa neste ponto para o árbitro da plataforma contar cada repetição.
  • Para as provas One Arm Jerk, os competidores fazem um swing, um clean e posicionam o kettlebell em rack para o início da prova, para a troca de lado são permitidos dois swings.
  • Os competidores podem colocar os kettlebells nos ombros após o primeiro clean para posicionar as mãos nas alças. Para One Arm Jerk, o competidor pode fazer isso após o primeiro clean e novamente quando houver a mudança de lado. Todas as outras tentativas de ajuste das mãos com o kettlebell nos ombros resultarão em “no count” para essa repetição.
Violações de desempenho técnico específicas para o Jerk
  • Não fazer a fixação das pernas para iniciar uma repetição. Se as pernas do competidor não estiverem estendidas antes do 1st dip para iniciar o Jerk, o arbitro da plataforma pode emitir “no count” para “sem fixação de perna”.
  • Sem fixação do(s) braço(s) no 2nd dip antes do competidor ficar de pé. Se o braço do competidor não estiver estendido no 2nd dip, o juiz da plataforma pode emitir “no count” para “falta de fixação dos braços”.
  • Nenhuma fixação na conclusão de uma repetição. Se o competidor e o kettlebell não ficam imóveis durante a conclusão de uma repetição e antes voltar para a posição de início, o árbitro da plataforma pode emitir “no count” para “sem fixação”.
  • Levantamento não sincronizado. Se os kettlebells não subirem simultaneamente, o juiz da plataforma pode emitir um “no count” para “levantamento não sincronizado”.
  • Tocando os ombros (shoulder rack). Se o competidor usar os ombros para posição de rack, o juiz da plataforma pode emitir um “no count” para “toque ombros” ou “shoulder rack”. O shoulder rack é definida como: quando o(s) cotovelo(s) do comepetidor se afasta do corpo e o(s) kettlebell(s) estão nos ombros.
LONG CYCLE

Todas as Regras de Performance Técnicas acima para Jerk também se aplicam ao Long Cycle.

Elemento necessário do ciclo longo:

  • Depois de cada repetição de Jerk completada, o competidor deixa cair os kettlebells abaixo da posição do rack e, através de um movimento contínuo (Clean), os retorna para a posição inicial. O Clean pode estar entre as pernas ou fora.
Violação de desempenho técnico específica para o Long Cycle
  • Não fazer o Clean antes do Jerk. Se o competidor não fizer um clean antes do Jerk ou ou depois que falhar em uma tentativa de Jerk, a o árbitro da plataforma emitirá “no count” para “no Clean”.
  • Clean não sincronizado. Ao levantar com dois kettlebells, se os pesos não caírem da posição do rack e / ou não retornarem para a posição de partida juntos, o árbitro da plataforma pode emitir um “no count” para “Clean não sincronizado” após a tentativa seguinte de Jerk.
  • Swing. Se o competidor ao invés do clean fizer um swing o árbitro da plataforma dará uma AVISO e um “no count” para “swing extra” após o Jerk.
  • Re-Clean Rule: Se um levantador falhar uma tentativa Jerk ou executa um Clean não sincronizado, a opção é fazer um Re-Clean para não receber um “no count” para o próximo Jerk.
ONE ARM
  • Todos os levantamentos One Arm (com um kettlebell) serão julgados com o mesmo padrão para levantamentos com dois kettlebells.
  • Para OAJerk e OALongCycle, os competidores podem alternar o kettlebell para o segundo lado uma vez durante a série e pode ser no tempo que escolher. A troca de lado não é obrigatória para que o levantador receba contagem total para todas as repetições bem-sucedidas.
  • Se o levantador tocar o kettlebell com a mão livre enquanto o levantamento no primeiro lado o árbitro espera que o levantador troque de lado antes de tentar mais repetições.
  • Caso contrário, a mão livre deve permanecer longe do kettlebell e do corpo do competidor.
  • Para OAJerk, se o kettlebell cair abaixo da posição do rack no primeiro lado, o levantador deve mudar para o segundo lado.
  • Para OALC, se o levantador executar um Swing em vez de um Clean depois de cair da posição final do primeiro lado o árbitro esperará que o levantador troque de lado antes de tentar mais repetições.
Violações de desempenho técnico específicas para os elevadores One Arm
  • Ajuda com a mão livre. Se o competidor tocar o corpo ou o kettlebell durante qualquer parte do elevador em uma tentativa deliberada de auxiliar o levantamento, o juiz da plataforma dará uma AVISO de “no count” para “ajuda com mão livre” e um comando para trocar de lado.

A) O levantador só receberá um AVISO / “no count” para “ajuda com a mão livre” durante a prova. A segunda “ajuda com a mão livre” é uma falta técnica e o árbitro da plataforma irá parar a série.

  • Swing extra. Os swings não são permitidos entre as repetições. Se houver um swing entre as repetições do primeiro lado, o juiz espera que o levantador troque de lado.

A) Se na troca dos lados o competidor usar mais de dois swings totais para alternar e retomar ao OAJerk ou OALC no segundo lado, o árbitro da plataforma emitirá uma AVISO de “no count” para “swing extra”.
B) Se no OALC o competidor executar um Swing no primeiro lado, mas não muda para o segundo lado, o árbitro dará uma AVISO de “no count” para “swing extra” e dará um comando para trocar os lados. A falta ao mudar de lado ao comando do juiz é uma falta técnica e o juiz da plataforma irá parar a série.
C) O competidor só receberá um AVISO / “no count” para “swing extra” durante a prova. O segundo “swing extra” é uma falta técnica e o árbitro da plataforma irá parar a prova.

SNATCH

Após o comando “start”, o competidor tira o kettlebell da plataforma fazendo um back swing (kettlebell entre as pernas) até acima da cabeça (final) em um movimento contínuo. Uma repetição é completa quando o braço e as pernas são estendidos e o kettlebell imóvel e adicionado um ponto no placar a partir dessa fixação. A fixação é uma pausa em que o kettlebell para de se mover, demonstrando que o competidor está no controle total do kettlebell.

O competidor pode fazer uma troca de lado apenas uma vez durante a prova. A mudança de lado não é obrigatória para que o levantador receba contagem total para todas as repetições bem-sucedidas.

* Snatch 5 minutos é um evento multi-switch. Os levantadores podem mudar de lado de acordo com o seu critério.

Elementos necessários do Snatch

A fixação do braço ocorre antes ou em simultâneo com o as pernas. Se o competidor usa o 2nd dip, o braço deve estar estendido antes da fixação de pernas e no mesmo momento do 2dn dip.

Fixação dos kettlebells na posição final. É necessária uma pausa neste ponto para o árbitro da plataforma contar cada repetição.

O competidor pode descer o kettlebell no ombro no primeiro lado uma vez. Isso indica que mudará de lado antes de tentar outra repetição.

O levantador pode fazer um swing no primeiro lado. Isso indica que irá mudar de lado antes de tentar outra repetição. Num total de dois swings pode mudar de lado.

Violações de desempenho técnico específicas para o Snatch
  • Sem extensão de braço. Se o braço do levantador não estender no 2nd dip antes antes da extensão da perna, o árbitro da plataforma emitirá “no count” para “sem extensão de braço”.
  • Sem Fixação. Se o competidor e o kettlebell não ficarem imóveis na conclusão de uma repetição e antes de partir para uma próxima, o árbitro da plataforma emitirá “no count” para “sem fixação”.
  • Ajuda com a mão livre. Se o competidor tocar o corpo ou o kettlebell durante qualquer parte do elevador em uma tentativa deliberada de auxiliar o levantamento, o juiz da plataforma dará uma AVISO de “no count” para “ajuda com mão livre” e um comando para trocar de lado.

A) O competidor só receberá um AVISO / “no count” para “ajuda com a mão livre” durante a prova. A segunda “ajuda com a mão livre” é uma falta técnica e o árbitro da plataforma irá parar a série.

  • Swing extra. Os swings não são permitidos entre as repetições. Se houver um swing entre as repetições do primeiro lado, o juiz espera que o competidor troque de lado.

A) Se na troca dos lados o competidor usar mais de dois swings totais para alternar e retomar ao Snatch no segundo lado, o árbitro da plataforma emitirá uma AVISO de “no count” para “swing extra”.

B) Se o competidor executar um Swing no primeiro lado, mas não muda para o segundo lado, o juiz de uma AVISO e “no count” para “swing extra” e dê um comando para mudar de lado A falta ao mudar de lado ao comando do juiz é uma falta técnica e o juiz da plataforma irá parar a série.

C) O competidor só receberá um AVISO / “no count” para “swing extra” durante a prova. O segundo “swing extra” é uma falta técnica e o árbitro da plataforma irá parar a prova.

  • Toque no ombro. Se o kettlebell for levado para a altura do ombro no primeiro lado, o juiz esperará que o competidor troque os lados. Se o competidor tentar repetições adicionais nesse mesmo lado, o juiz da plataforma dará uma AVISO, emite “no count” para “toque de ombro” e um comando para mudar de lado.

A) O competidor só receberá um AVISO / “no count” para “toque de ombro” em toda a prova. O segundo “toque de ombro” é uma falta técnica e o juiz da plataforma irá parar a prova.

FALTA TÉCNICA

Uma ação ou atitude do competidor demonstrando falta de preparação para manter a performance apropriada durante o período de tempo de competição definido. A chamada para qualquer Falta Técnica é “pare”. Após o comando “pare”, o competidor deve colocar o(s) kettlebell(s). Todas as repetições válidas executadas anteriormente serão contadas como a pontuação do participante.

Ação

  • Terminar a prova por conta própria: quando o competidor baixa o(s) kettlebell(s) na plataforma antes do final do tempo estipulado;
  • O competidor sai da plataforma: se em qualquer prova o competidor pisa ou cai da plataforma.
  • (Jerk / OAJerk) Baixar os kettlebell da posição de Rack: Se em eventos double Jerk, OAJerk ou ambos, deixar cair os kettlebells da posição rack, em eventos OAJerk após o participante mudar para a segunda mão.
  • Segundo swing extra (LC): se em eventos de long cycle o competidor executa um Swing em vez de um clean, o árbitro da plataforma dará um aviso e emite “no count” para a seguinte repetição completa. Se o competidor executa um segundo Swing em vez de um Clean, o juiz da plataforma irá parar a série.
  • (Snatch / LC) Dead Hang: Se nos eventos Snatch / Long Cycle, o(s) kettlebell(s) para(m) de se mover (dead hang) na posição de swing (Snatch) ou a posição abaixo do rack (Long Cycle).
  • (Snatch / OAJerk) A segunda ajuda com a mão livre: Se em eventos OAJerk o competidor toca o kettlebell com a mão livre após a troca de lados.
  • (Snatch / OALC) Segundo Swing Extra: Se o levantador recebeu um AVISO / “no count” no primeiro ou segundo lado e executa um segundo Swing Extra em qualquer ponto da série, o árbitro da plataforma irá parar a série .
  • (Snatch) Segundo toque no ombro (shoulder rack): Se em eventos Snatch o kettlebell é baixado para o ombro do segundo lado.
  • (Snatch / OAJerk / OALC) Não mudar de lado: se em eventos com um kettlebell o competidor ignora claramente o comando de um juiz para mudar de lado e continua a tentar repetições após uma violação técnica (para ajuda com a mão livre, swing extra ou toque no ombro).

Atitude

Comportamento inadequado: se o levantador demonstra múltiplos incidentes comportamento inadequado durante a competição. Um levantador será desqualificado apenas se três oficiais da competição concordarem.

  • Atraso: se um competidor não estiver na plataforma designada com o(s) Kettlebell(s) a portos no início da contagem regressiva de 10 segundos para iniciar o relógio do flight.
  • Queimar início: Se um levantador pegar o(s) kettlebell(s) antes do comando “start” o árbitro principal/plataforma informará aquele competidor para colocar o(s) kettlebell(s) de volta.
  • O levantador receberá uma contagem decrescente de três segundos (Três … Dois … Um … Começar) e pode iniciar a levantar após o comando “começar”.
  • Nenhuma repetição feita antes do ínicio da prova será adicionada ao contador.