GP Brasil de kettlebell se destacou pela qualidade e número de atletas

R

ealizado pela primeira vez na Bahia, o World Kettlebell Grand Prix Series Brasil 2017 foi considerado a maior competição já realizada na América do Sul pela quantidade de atletas inscritos e pelo alto nível dos competidores. O GP foi realizado no dia 8 de setembro, no São Salvador Hotéis e Convenções, em Salvador, com a participação de atletas dos vários países e estados brasileiros.

Recordes importantes para o Brasil com seis atletas atingido o título de CMS (Candidate Master of Sports). O evento contou com a participação do russo Sergei Rachinskiy, considerado o atleta supremo do Kettlebell Sport, com sete recordes no Guinness Book, que pela primeira vez competiu na América Latina além do sete vezes campeão mundial, o russo Denis Vasilev, além de atletas do Chile e Argentina.

Outro ponto alto da competição foi a disputa do revezamento feminino com uma disputa acirrada por equipes no snach 12 kg, onde dois times de 7 integrantes cada, marcaram 583 repetições terminando tudo empatado! A equipe vencedora foi definida pela média do peso dos membros de cada equipe.

Com 64 atletas a 2ª edição do GP Brasil da WAKSC teve um aumento de 36% no número de competidores vindos de cinco estados brasileiros – Bahia, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco – e dos Estados Unidos, Rússia, Polônia, Argentina e Chile.

O WKGPSBRASIL2017  é uma realização da Brutal Strength and Conditioning , World Association of Kettlebell Sport Clubs e Ketacademy e contou com o patrocínio do São Salvador Hotéis, Priscila Beck Kettlebell Club, Burpees Comfort Fitness, Kettlebell Kings, Guache comunicação, e apoio da Tia Sônia Alimentos, Buffalo Wax, M5MB Comunicação Visual, Xpro Training, Baransu Terapia Holística e Mil Cores Gráfica rápida Salvador.

Até 2018!

Faltam

  • 00 dias
  • 00 horas
  • 00 minutos
  • 00 segundos